Skip to content

Chá de Urtiga Branca

urtiga branca

Urtiga Branca

As propriedades medicinais da urtiga branca

  • Adstringente;
  • Emoliente;
  • Expectorante.

Os benefícios e as indicações de uso

Devido às suas propriedades medicinais, a urtiga branca é indicada, principalmente, no tratamento de casos de corrimento vaginal (leucorreia) ou distúrbios gastrointestinais. Inclusive, a urtiga branca, ao lado do carvalho-vermelho, é uma das raras plantas medicinais usadas no tratamento de corrimento vaginal.

As suas indicações de uso envolvem os seguintes problemas de saúde: amenorreia, tratamento do aparelho genital feminino, diarreia, sangramento menstrual intenso, atonia e esclerose do útero, hemoptise, hemorragia, inflamação das vias urinárias, menstruação muito precoce, metrorragia, rins, uremia dos homens idosos.

Esta planta é um tratamento tradicional para corrimento vaginal anormal e, às vezes, é usada para aliviar cólicas menstruais. Externamente, a urtiga branca ainda é indicada para tratar coceira no couro cabeludo, como no caso da caspa; e a compressa de urtiga é aplicada em varizes e hemorroidas.

Além disso, a água destilada das flores e folhas desta planta é um eficaz colírio para aliviar as condições dos olhos. As suas flores fervidas na água podem ser utilizadas como erva medicinal para a hidropisia e catarro. Existe, ainda, medicamento homeopático feito a partir da urtiga branca, para o tratamento distúrbios renais, amenorreia e distúrbios da bexiga.

Diz o Dr. J. Monteiro da Silva que a urtiga branca tem propriedades hemostásticas, sendo usada contra as hemoptises, as epistaxes e as metrorragias.

Este vegetal regulariza as funções do intestino em caso de constirpação e diarréia.

Exteriormente aplica-se a infusão das flores, em loções e compressas, queimaduras, etc.

Parte usada: Flores.

Dose: 10 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.

You may also like